Aplicativo Uber começar a mostrar opções de transporte público

O Uber continua revolucionando os meios de locomoção e gerando muita polêmica. Algo até então inédito, o serviço de transporte público será oferecido por meio do aplicativo. A novidade já está disponível em Denver, nos Estados Unidos, mas ainda não tem previsão para outras cidades.

Novidades
3 meses atrás
Aplicativo Uber começar a mostrar opções de transporte público

Novos projetos

Nos últimos anos o Uber tem construindo diversas parcerias com agências de transporte público em todo o mundo.

Em Boston, por exemplo, há uma parceria com a MBTA para fornecer serviços aos deficientes; em Innisfil, se oferece serviços a áreas fora do alcance do trânsito convencional; em Nice, na França, se oferece serviço de conexão noturna a linhas ferroviárias.

À medida que o Uber caminha em direção a conquistar o monopólio do transporte surge a necessidade de uma integração com outros meios de transportes públicos que os passageiros necessitam e a opção de viagem por automóveis não atende.

O objetivo do Uber é agilizar e baratear mais o transporte público sobre qualquer outra forma de viagem, dando aos passageiros uma maneira perfeita de acessar as diversas opções diretamente do aplicativo.

Com efeito, em parceria com o município de Denver, os passageiros do Uber podem agora planejar sua jornada de transporte com informações em tempo real e direções de ponta a ponta no aplicativo.

De acordo com David Genova, CEO e Gerente Geral dos Transportes Regionais de Denver, os “nossos clientes querem que suas viagens sejam as mais simples possíveis, e uma colaboração como essa permite que eles planejem viagens de ponta a ponta, incluindo opções adicionais do local de partida até o destino final”.

Novas parcerias

Além de planejar a viagem e comprar seu ingresso no aplicativo, o Uber oferece um conjunto completo de serviços às agências de transporte público que vão além do aplicativo.

Estas inovações estão sendo possível graças às parcerias que o Uber tem estabelecido com empresas de tecnologias e governos locais.

Por meio de parceria com o Moovit, provedor de planejamento de trajetos e dados em tempo real de trânsito, os passageiros poderão ver informações de trânsito.

Através da parceria com a Masabi, uma plataforma de pagamento, já está se projetando permitir comprar passagens por trens ou ônibus pelo próprio aplicativo Uber.

Integrando os meios de transporte

A ideia do Uber é que os usuários possam comparar os diversos meios de viagens, entre opções de carros e transporte público, e escolher o que estiver mais acessível e até mesmo utilizar como ponte entre um e o outro.

Deste modo, o Uber começa se transformar em uma plataforma de serviços gerais de mobilidade, onde mesmo os serviços que não são operados pela empresa são apresentados para os usuários.

Em Denver, quem estiver no aeroporto consegue verificar todas as opções de transporte para o centro, incluindo os horários e trajetórias dos ônibus.

Quando um passageiro entra no aplicativo do Uber, ele tem as opções de motoristas da plataforma ao lado de outros meios de transporte disponíveis. Selecionando cada uma delas, o usuário pode visualizar as rotas de trânsito disponíveis que o levará ao destino, juntamente com horários de partida e chegada em tempo real, além de receber rotas a pé para as estações de transporte.

Denver, a cidade piloto

Quando se trata de parcerias e integração com o transporte público, a cidade Denver
já é conhecida por acolher inovações.

A cidade possui uma frota de transportes públicos regionais, bem como um aplicativo para a compra de ingressos para dispositivos Wasabi.

Ainda não existe previsão para implantação do novo projeto nas outras cidades e países, o que implica em uma parceria com as prefeituras e governos locais.

No Brasil, um esboço desta nova ferramenta pode ser visto no Rio de Janeiro, onde o Uber oferece descontos para os usuários que saem do metrô.

Mas como toda novidade já se espera também que a polêmica surja junto e o Uber tem acumulado bastantes desde sua criação.

A ferramenta Uber Juntos, por exemplo, está rendendo algumas notificações aos municípios onde o serviço está disponível pelas companhias de transporte, que se sentem lesadas pelo Uber por estar desviando seus usuários.

Mobilidade

Este é um blog especial criado pelo Fusne sobre Mobilidade urbana.

Vamos Bater um Papo?